sexta-feira, 28 de junho de 2013

QEdu - portal de informações educacionais

QEdu: Aprendizado em foco.

Meus caros,


nesse endereço está  uma grande fonte de minhas informações educacionais. Recomendo:   http://www.qedu.org.br/


O que é o QEdu?

É um portal aberto e gratuito, onde você irá encontrar informações sobre a qualidade do aprendizado em cada escola, município e estado do Brasil. Queremos que, por meio do QEdu, toda a sociedade brasileira tenha a oportunidade de conhecer melhor a educação no país.

Quais as informações disponíveis?

No QEdu, você encontra informações sobre o aprendizado dos alunos do 5º e 9º anos em matemática e português; o perfil dos alunos, professores e diretores; o número de matrículas; taxas de aprovação, abandono e reprovação; e informações sobre infraestrutura escolar. Os dados são da Prova Brasil e do Censo Escolar.

Brasil deveria gastar 20% do PIB em educação para alcançar países ricos


Veja o texto de Sílvio Guedes Crespo, jornalista e cientista social que cobre economia e finanças há sete anos. Ganhou o prêmio Top Blog em 2010, pelo juri acadêmico, na categoria Economia
"Hoje o país debate a possibilidade de investir 10% do PIB (produto interno bruto) na educação.
É bom que se diga que nenhuma nação desenvolvida destina uma fatia tão grande do seu PIB a essa área. No entanto, se o Brasil quisesse se igualar aos países ricos em termos de gastos por aluno, deveria mais que triplicar suas despesas com o setor educacional, passando dos atuais 5,65% do PIB para 20%, conforme apontam dados da OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico).
Vale acrescentar que, como proporção do PIB, o Brasil foi um dos países que mais elevaram gastos com educação na década de 2000. Ou seja, melhorou, mas continua longe do ideal; ou vice-versa.
Como calcular
Para entender esse cálculo é preciso tirar da cabeça um erro muito comum, que já vi cometido inclusive por um professor de economia da USP durante uma exposição a jornalistas. Ele disse que o Brasil investe o mesmo que a Suíça em educação pública (5,65% do PIB aqui, contra 5,56% lá), e que isso mostra que não é por falta de dinheiro, e sim por má gestão, que não temos um sistema de ensino e pesquisa comparável ao deles.
O raciocínio está errado. Existem muitas formas de provar que nosso dinheiro público é mal gasto; esta não é uma delas.
Nós investimos, de fato, praticamente o mesmo percentual do PIB que a Suíça em educação. O problema é que, no Brasil, o PIB por habitante é de apenas US$ 11.216, enquanto na Suíça é de US$ 43.156. Portanto, 5,65% do PIB brasileiro equivale a meros US$ 628 por pessoa. Já os 5,56% do PIB suíço correspondem a nada menos que US$ 2.399 por habitante, quase quatro vezes mais.
E não é só isso. No Brasil, 51% da população tem até 30 anos; na Suíça, a proporção é de apenas 35%. Temos, portanto, aqui, muito mais pessoas em idade escolar.
Dessa forma, o gasto do setor público brasileiro por aluno é de US$ 3.067 no Brasil e de US$ 14.922 na Suíça, segundo os dados da OCDE."
leia o texto completo http://achadoseconomicos.blogosfera.uol.com.br/2013/06/28/brasil-deveria-gastar-22-do-pib-em-educacao-para-alcancar-paises-ricos/

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Conceitos que vão mudar a escola e o aprendizado

Exemplos de modelos de ensino inovadores dos Estados Unidos mostram como será a educação do futuro



(Fragmentos da matéria)

Entender as necessidades de cada estudante é o diferencial da School of One, uma plataforma criada para escolas de Nova York por Rose e Christopher Rush e que tem a tecnologia como principal aliada para a tarefa. Baseado em uma avaliação feita no início do ano, o sistema elabora um mapa de habilidades e plano de estudos individual. Mas, para isso, utiliza experiências de outros alunos. Um enorme repositório de lições está disponível e o banco de dados prevê que tipo de atividade é mais adequado ao perfil de cada um.

A sala de aula já não tem mais um professor falando em frente ao quadro negro e alunos sentados em carteiras organizadas em fileiras iguais nas oito escolas públicas gerenciadas pela ONG New Classrooms, de Joel Rose. Para que cada um possa aprender do seu jeito, também é realizada uma mudança física e os alunos sentam nas mais variadas formas: sozinhos, em grupos pequenos ou grandes, em frente a computadores ou usando material impresso. No espaço reorganizado, fazem atividades distintas, algumas online e outras, não. Para que esse modelo híbrido funcione, o papel do professor também muda para o de mentor. Segundo Tavenner, das escolas Summit, os docentes acompanham as atividades realizadas em um espaço grande, sem paredes, e orientam os alunos de várias formas: resolvendo dúvidas, questionando, provocando debates, orientando atividades e projetos.

para ler mais, clique
http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/2013-04-10/conheca-os-conceitos-que-vao-mudar-a-escola-e-o-aprendizado.html

Legislação



No endereço http://www4.planalto.gov.br/legislacao  encontram-se todas as legislações federais. Inclusive as produzidas no Império, como é o caso daquela que é considerada a primeira legislação sobre a educação. Legislação essa datada de 15 de outubro. Data em que se comemora, então, o 

Dia do Professor.

Manda criar escolas de primeiras letras em todas as cidades, vilas e lugares mais populosos do Império

 Para acessar a essa lei, clique: 
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/LIM/LIM-15-10-1827.htm



Congresso Internacional de Tecnologia na Educação


Nos últimos anos, o Brasil avançou em diversos setores da economia, da ciência e da tecnologia. Melhorou a qualidade de vida do seu povo mais carente, reduziu sensivelmente a pobreza e ampliou a camada da população que integra a classe média.
Entretanto, nossos resultados nas avaliações internacionais da educação são pífios e praticamente estagnados em patamares equiparados a países do terceiro mundo. Nós, educadores, estamos impelidos a mudar essa cruel realidade.
continue lendo, inclusive para ter acesso a programação:    http://www.pe.senac.br/ascom/congresso/ocongresso.asp

A Copa mais cara do Mundo




"Em comparação com outros Mundiais, o evento no Brasil é o mais dispendioso. Em 2006, a Alemanha gastou na 3,7 bilhões de euros para sediar a Copa, cerca de R$ 10,7 bilhões. Em 2002, Japão e Coreia, gastaram juntos US$ 4,7 bilhões, cerca de R$ 10,1 bilhões. Na África do Sul, em 2010, o custo do evento foi de US$ 3,5 bilhões, perto de R$ 7,3 bilhões. Conclusão: a Copa do Mundo de 2014 será a mais cara da história." Daniel Cara

continue lendo:

http://revistaeducacao.uol.com.br/textos/blog-daniel/e-se-todo-dinheiro-da-copa-do-mundo-de-2014-291203-1.asp

Estado de MT se desresponsabiliza na aplicação mínima de 35% para educação.



Os trabalhadores da rede estadual de educação de Mato Grosso irão suspender as atividades nesta sexta-feira (28) em repúdio ao golpe aplicado por deputados e governador na Constituição Estadual. A categoria exige a revogação da Emenda Constitucional nº 66/2013, que reduziu em 1/3 a previsão dos recursos destinados ao financiamento da educação no Estado e a responsabilidade na aplicação mínima de 35% para 25%.

leia mais:  http://www.midianews.com.br/conteudo.php?sid=3&cid=163886

quarta-feira, 26 de junho de 2013

"Povo novo", de Tom Zé


 "Povo novo"
 Tom Zé:
"A minha dor está na rua
Ainda crua
Em ato um tanto beato, mas
Calar a boca, nunca mais!
O povo novo quer muito mais
Do que desfile pela paz
Mas
Quer muito mais
Quero gritar na
Próxima esquina
Olha a menina
O que gritar ah, o
Olha menino, que a direita
Já se azeita,
Querendo entrar na receita, mas
De gororoba, nunca mais
Já me deu azia, me deu gastura
Essa politicaradura
Dura,
Que rapa-dura!"

75% dos royalties para a educação





É bom saber que mais que uma multidão acordada, há muitos políticos que não estão conseguindo dormir.

Abaixo está a redação final do texto aprovado pela Câmara dos Deputados, diga-se, com muita pressão, neste dia 26 de junho. Para que tenham ideia de como anda um projeto de lei dessa importância, a tramitação iniciou-se em 2007, apesar de um outro projeto ser apresentado em 2013. Bem, foi. Ah, ainda falta a aprovação no Senado. Tomara que o relator não seja o Sen. José Pimentel (PT-CE). Esse não gosta de educação pública, vide o Parecer dado ao Plano Nacional de Educação. 


“União, Estados, Distrito Federal e Municípios
aplicarão os recursos dos incisos I e II desse artigo, no
montante de 75% na área de educação e 25% para a 
área de saúde”.



para ler mais sobre o assunto, duas opções abaixo:


Hoje, nos primeiros minutos de 26 de junho de 2013, agora no plenário da Câmara dos Deputados, em parceira com os mesmos parlamentares, novamente a sociedade civil acumulou outra vitória decisiva : vincular 75% das receitas com royalties do petróleo para educação pública e 50% do Fundo Social do Pré-sal, ambos como fontes de recursos para viabilizar o novo PNE. 

Para continuar lendo clique no link
http://www.campanhaeducacao.org.br/?idn=1100

O Plenário aprovou, na madrugada desta quarta-feira (26), o projeto que destina os recursos dosroyalties do petróleo à educação pública, com prioridade para a educação básica, e à saúde. A matéria foi aprovada na forma de um substitutivo do deputado André Figueiredo (PDT-CE) ao Projeto de Lei 323/07, que precisa ser votado ainda pelo Senado.

http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/EDUCACAO-E-CULTURA/446099-CAMARA-APROVA-ROYALTIES-DO-PETROLEO-PARA-EDUCACAO-E-SAUDE.html

Royalties para a educação

sonhou com 100%?

acordamos com 75%. É o pedágio cobrado pelos deputados.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Alimentação Escolar

Normas mais rigorosas na alimentação escolar visam promover a saúde e evitar doenças

Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE

http://www.fnde.gov.br/fnde/sala-de-imprensa/noticias/item/4627-normas-mais-rigorosas-na-alimenta%C3%A7%C3%A3o-escolar-visam-promover-a-sa%C3%BAde-e-evitar-doen%C3%A7as

Prova Brasil será em novembro 2013



Em Cuiabá, o IDEB 2011 mostrou uma contínua melhoria. O projetado para os anos iniciais era 4,5 e foi alcançado 4,8. Já para os anos finais, o projetado era 3,6 e foi alcançado 4,2. A superação das metas deve ser um estímulo para manter o crescimento, principalmente na conquista de melhores indicadores na proficiência em língua portuguesa e matemática.  

As provas da edição de 2013 do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) serão aplicadas entre os dias 11 21 de novembro próximo, em todas as unidades da Federação. O Saeb é composto pela Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb), pela Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc), conhecida como Prova Brasil, e pela Avaliação Nacional de Alfabetização (Ana).

O resultado da Ana está previsto para 31 de maio de 2014. Em 31 de julho do próximo ano serão conhecidos os da Anresc e da Aneb.

Leia mais, inclusive a Portaria Ministerial que estabelece normas para realização das Provas 

http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=18833



EUA: alunos de escolas públicas recebem iPads de graça


http://noticias.terra.com.br/educacao/eua-alunos-de-escolas-publicas-recebem-ipads-de-graca,4fbdde5787b7f310VgnVCM3000009acceb0aRCRD.html

Índices educacionais no Brasil estão abaixo da média da OCDE




Os níveis educacionais alcançados pela população brasileira se mantêm abaixo da média dos membros da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), embora tenha progredido nos últimos anos, segundo um estudo publicado nesta terça-feira pela entidade em Paris (França).

continue lendo:
http://noticias.terra.com.br/educacao/indices-educacionais-no-brasil-estao-abaixo-da-media-da-ocde,5d2bb4d07187f310VgnCLD2000000dc6eb0aRCRD.html

segunda-feira, 24 de junho de 2013

MENINA BONITA DO LAÇO DE FITA - Ana Maria Machado.wmv



Essa é uma das histórias infantis mais contadas em nossas casas e escolas. Ana Maria Machado é uma brilhante autora que já encantou gerações. Muitas outras serão encantadas.

"Na vida da escritora Ana Maria Machado, os números são sempre generosos. São 40 anos de carreira, mais de 100 livros publicados no Brasil e em mais de 18 países somando mais de dezoito milhões de exemplares vendidos. Os prêmios conquistados ao longo da carreira de escritora também são muitos, tantos que ela já perdeu a conta. Tudo impressiona na vida dessa carioca nascida em Santa Tereza, em pleno dia 24 de dezembro."

O texto grafado foi retirado do site de Ana Maria. Vá lá.

http://www.anamariamachado.com/

Breve História da Educação Musical



É obrigatório o ensino da música na educação básica. Em Cuiabá há professores concursados em nossas escolas e muitos alunos praticando, seja nas aulas obrigatória, seja no Programa Educa Mais. A musicalidade está presente em nossa cultura. Como algo que nos é natural está sendo trabalhado de forma obrigatória?

Acima um vídeo sobre a história da música.

Abaixo o texto da lei que institui a obrigatoriedade da música na educação básica.
Presidência da República
Casa CivilSubchefia para Assuntos Jurídicos
Mensagem de veto
Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, Lei de Diretrizes e Bases da Educação, para dispor sobre a obrigatoriedade do ensino da música na educação básica.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
 Art. 1o  O art. 26 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, passa a vigorar acrescido do seguinte § 6o:
“Art. 26.  ..................................................................................
................................................................................................
§ 6o  A música deverá ser conteúdo obrigatório, mas não exclusivo, do componente curricular de que trata o § 2o deste artigo.” (NR)
Art. 2o  (VETADO)
Art. 3o  Os sistemas de ensino terão 3 (três) anos letivos para se adaptarem às exigências estabelecidas nos arts. 1o e 2o desta Lei.
Art. 4o  Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília,  18  de agosto de 2008; 187o da Independência e 120o da República.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
Fernando Haddad

Sobre conhecimento - Gilberto Fraga de Melo


Há uma informação corrente, especialmente na área da gestão

 empresarial que o conhecimento é o diferencial em qualquer organização e 

que este deve ser considerado o seu principal patrimônio. Da mesma forma, 

já na área da biologia, há um entendimento cada vez maior que há pouca 

diferença  entre os seres vivos, olhando-se sob o prisma da composição 

genética. Para esta, de acordo com o mapeamento genético (DNA) a 

diferença entre os seres humanos e os chimpanzés é de 0,6%. Ou seja, entre 

o Homo sapiens e o Pan troglodytes há 99,4% de semelhanças. Levada ao pé 

da letra da generalização e da simplificação, poderíamos abrir vagas para 

gerentes de empresas, diretores de escolas e, quem sabe, estabelecer cotas 

de ingresso nas universidades aos chimpanzés. Não podemos e não devemos, 

não porque aumentaria a concorrência, mas porque a pequena diferença tem 

peculiaridades que permitem, entre outras coisas, fazer tal comentário e 

provocar a reação de quem o lê. 

(logo mais, um texto completo)

Gilberto

sábado, 22 de junho de 2013

Cerâmica de Cuiabá

Seo Clínio Moura, que ficou amassando barro em S. Gonçalo - Beira Rio, até 2008: o mestre, a referência para todos


SETEMBRO FREIRE


SILVA FREIRE


O poeta por ele mesmo em Silva Freire ─ social, criativo, didático (1986, p.323-331):
FICHA SEM TÉCNICA
─ SILVA FREIRE ─ Benedito (por promessa de vida ao Santo Pretinho)Poeta Silva Freire
                                Sant’Ana(homenagem à Santa de devoção)
                                da Silva (da Mamãe, Joanna Euphrosina da Silva Freire)
                                Freire (do Papai, Randolpho Rodrigues Freire).

─ Nascido no dia da Revolução Farroupilha, a 20 de setembro de 1928, em Mimoso - Terra de Rondon -, mudado para e registrado em Cuiabá, por causa das revoltas que, à época, morriam mesmo crianças e adultos.

─ Desde matunguinho pratica jornalismo cultural e poema moderno.

─ Advogado, se sente um vaqueiro do Direito Penal, aqui, no boqueirão da Amazônia.

Não tem “curriculum vitae”, só emoções petrificadas.
.......................

cuiabania 
(FREIRE, Benedito Sant’Anna da Silva. Trilogia Cuiabana: na moldura da lembrança, Wlademir Dias Pino (org.), Cuiabá: Edições UFMT, 1991, Volume 2, 208p.):

"- mas o que é cuiabania, afinal, poeta!?
- não é topônimo, é a sensação indizível, esse charivari
de-maçaroca-poética, daqui e daqui-prá-frente,
de quase três séculos de uma cidade mágica."


para saber mais, acesse

Manoel de Barros - historias da unha do dedão do pé do fim do mundo




saiba mais sobre  o cuiabano Manoel de Barros http://www.releituras.com/manoeldebarros_bio.asp

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Discurso de Charlie Chaplin em "O grande ditador" .

INVERNO EM CUIABÁ




Inverno: De 21 de junho a 23 de setembro

Do latim: hibernu, tempus hibernus, tempo hibernal. Associado ao ciclo biológico de alguns animais ao entrar em hibernação e se recolherem durante o período de frio intenso. 



Mês
Jun
Jul
Ago
Set
Record Máxima (°C)
36.2°C
32.4°C
40.8°C
40.5°C
Média Máxima (°C)
31°C
32°C
34°C
34°C
Média Mínima (°C)
17°C
16°C
18°C
22°C
Record Mínima (°C)
6.2°C
2.3°C
3.5°C
9.4°C
Umidade Relativa do Ar
30%
25%
19%
30%
fonte: Wikipedia

Como pode se ver na tabela, o nosso inverno tem grandes variações de temperatura. Além disso, o clima é muito seco, fato que requer muitos cuidados com a saúde. Uma ação agressiva do homem faz com que o clima fique ainda mais seco: as queimadas. 

Evite-as. Denuncie.

Arte de Adir Sodré na EMEREB N. S. da Penha de França, Coxipó do Ouro, Cuiabá




Esse é Adir  Sodré, artista que ilustrou o muro da EMEREB Nossa Senhora da Penha de França,
Coxipó do Ouro. Sem dúvidas, um privilégio.

Metodologia ou tecnologia: o desafio é do individual para o coletivo

Tecnologia e Educação

Hora-atividade: Parecer aprovado no Conselho Nacional de Educação


Em Cuiabá já é prática a hora-atividade. No entanto, as salas dos professores são inadequadas. Bem, obedecendo o padrão FIFA, sugiro que sejam adquiridas mesas como a ilustração acima. Da mesma forma, as salas devem obedecer o mesmo padrão.

Ou a hora-atividade será realizada no padrão abaixo?





Eduardo Galeano em uma entrevista que leva à reflexão (obrigado José Carlos)



Eduardo Galeano

Eduardo Hughes Galeano é um jornalista e escritor uruguaio. É autor de mais de quarenta livros, que já foram traduzidos em diversos idiomas. Suas obras transcendem gêneros ortodoxos, combinando ficção, jornalismo, análise política e História. Wikipédia
Nascimento3 de setembro de 1940 (72 anos), Montevidéu, Uruguai
CônjugeHelena Villagra (desde 1976)Graciela Berro Rovira (desde 1962)Silvia Brando (de 1959 a 1962)
IndicaçõesNeustadt International Prize for Literature

10% DO PIB para a educação pública


Esses dois senhores, abaixo, são contra. 

Senador José Pimentel (PT-CE) apresentou relatório na Comissão de Assuntos Econômicos permitindo o financiamento de recursos públicos em escolas privadas. O texto do Plano Nacional de Educação oriundo da Câmara de Deputados  destina recursos públicos exclusivamente para a educação pública. O relatório do Senador é um grande GOLPE.

O Senador Mercadante (PT-SP), hoje, Ministro da Educação, apoiou o relatório e aplaudiu sua aprovação. 

E há quem não entenda porque tanta manifestação



EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE É O QUE MERECEMOS, APESAR DE VOCÊS.

Olhos abertos, Brasil.


É isso, sempre de olhos abertos para garantir o presente e o futuro.

Ministro decide por desobrigar Governo de MT a destinar 35% do orçamento à Educação

Airton Marques O governador Mauro Mendes (DEM) conseguiu, no Supremo Tribunal Federal (STF), suspender artigo da Constituição Estadual q...