quarta-feira, 20 de maio de 2015

Observatório internacional de formação continuada será criado em MT

 
 
A proposta de criação de um ambiente comum no qual várias experiências possam se tornar acessíveis foi discutida, no último dia 18, entre a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) e integrantes do Programa de Apoio ao Setor Educativo do Mercosul (Pasem). Trata-se de um Observatório Internacional de Formação Continuada de Docentes em Serviço, que pretende fomentar estudos e pesquisas, promover encontros, compartilhar conhecimento e analisar a implantação de políticas públicas em formação continuada de professores nos países membros, entre outros.
 
De acordo com assessor da Seduc e coordenador em Mato Grosso do Pasem, Kilwangy Kapitango-a-Samba, a ideia surgiu durante o Seminário Internacional de Formação Continuada e Docentes em Serviço, realizado em Cuiabá, entre os dias 11 e 19 de maio, pela Seduc em parceria com o Laboratório de Metodologia Científica e Grupo de Pesquisa em Educação, Políticas Públicas e Sociedade da Universidade Estadual de Mato Grosso (GPEPPS/UNEMAT/CNPq). "Nossa intenção é ampliar o debate e dar continuidade às atividades desenvolvidas durante o evento", destacou, acrescentando que o programa será resultado da parceria institucional entre Seduc e Unemat.  
 
A iniciativa foi elogiada e apoiada pelo secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto, visto que o Observatório teria como sede Mato Grosso e utilizaria a infraestrutura disponível das instituições, como a própria secretaria e a Unemat. "Será uma importante ferramenta para produzir e disseminar informações, promover a pluralidade de opiniões no debate e compartilhar boas práticas sobre um assunto extremamente importante para nós que é a formação continuada de nossos professores, além de subsidiar os Centros de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica de Mato Grosso (Cefapros) com exemplos de experiências de sucesso que promovem a formação e o desenvolvimento profissional docente", avaliou.
 
 
 
O próximo passo será a produção de documento que estabelece as bases e conceitos para a criação do Observatório, a ser entregue pela comissão à secretaria ainda no mês de junho. 
 
Além de representantes do Paraguai, Uruguai, Argentina, participam do encontro com o secretário emissários das secretarias de Estado de Educação do Amapá e Rondônia, Universidades Federal do Ceará (UFC) e Estadual de Londrina (UEL).
 
Seminário – O evento reuniu cerca de 150 profissionais da educação, entre eles docentes da Educação Básica, professores universitários formadores de professores, gestores educacionais e estudantes universitários, para discutir processos e práticas educacionais inovadoras, experiências bem sucedidas e perspectivas estratégicas no contexto do Mercosul.
 
Foram debatidos assuntos como a relevância e emergência da formação continuada; as experiências e perspectivas em gestão, implementação e avaliação de políticas, uso de tecnologia de informação e comunicação em formação continuada. 
 
Viviane Saggin
Assessoria Seduc/MT
 
 

http://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Observat%C3%B3rio-internacional-de-forma%C3%A7%C3%A3o-continuada-ser%C3%A1-criado-em-MT.aspx

Congresso Nacional prorroga por 60 dias a suspensão das aulas

  VERSÃO CERTIFICADA     DIÁRIO COMPLETO     IMPRESSÃO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO Publicado em:  28/05/2020   |  Edição:  101   |  Seção: 1   |...