terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Dia 8 de dezembro é feriado da Imaculada Conceição de Maria

O dia 8 de dezembro, próxima segunda-feira, consagrado à Imaculada Conceição de Maria, foi declarado feriado municipal através da Lei nº 5.578, de 24 de agosto de 2012.
A lei é de autoria do vereador Júlio Pinheiro. Confira a íntegra da Lei.

Veja o  DECRETO com todos os feriados em Cuiabá.
http://www.cuiaba.mt.gov.br/governo/dia-8-de-dezembro-e-feriado-da-imaculada-conceicao-de-maria/9982

Deixe a leitura fazer parte do seu dia

Escrito por Fábio Torres

Costumo dizer que o tempo para a leitura é uma das coisas mais importantes em nossas vidas, mas ela é vista por muitos como uma ação sem importância alguma. Porém, um livro nos faz sonhar e aprender. Ele é capaz de transformar qualquer pessoa. Por isso, para ajudar a dar um basta nesses índices negativos, escolha um livro e confira algumas dicas que eu selecionei para colocar a sua leitura em dia.

1. Menos TV, mais leitura– Se você diminuir o tempo que assiste à TV e utilizá-lo para ler um livro, será muito benéfico. Pode ser difícil para quem é viciado em televisão trocar a novela por um bom livro, mas recomendo que essa pessoa escolha um dia por semana para fazer essa substituição. Trocar um dia de novela por um livro pode fazer um bem enorme para a mente.
2. Crie seu canto de leitura – Escolha um lugar em seu ambiente preferido e decore-o para facilitar sua leitura (ex.: escolha uma boa cadeira e/ou luminária, acenda incensos, escolha uma música ambiente etc.). Utilize esse espaço sempre que for ler. Esse pequeno cantinho criará uma âncora visual, sinestésica e auditiva e facilitará a motivação para leitura.
3. Leitura seletiva – Não precisa ler tudo que falam para você ler. Eu tenho o hábito de comprar apenas livros que realmente me interessam e, quando escolho uma obra, analiso o índice, leio o prefácio e, se possível, seleciono apenas os capítulos que me interessam e pulo os que são perda de tempo ou que têm pouco valor para agregar. A maioria dos livros técnicos permite isso.
4. Foque em no máximo dois livros – Evite ler muitos livros simultaneamente, uma vez que isso reduz sua produtividade de leitura e ainda tira o foco. Escolha um livro para deixar em seu canto de leitura e outro menor para carregar sempre consigo, que servirá para lê-lo na espera do médico, na sala do aeroporto, no ônibus, no metrô etc.
5. Leitura dinâmica– A dica essencial é ler em blocos em vez de palavras isoladas. Para começar, foque em três palavras por vez e depois aumente o número de palavras até conseguir focar na linha toda. Evite também a leitura labial ou mental. Se você tem esse hábito, uma solução é colocar um lápis na boca e mordê-lo até que essa mania suma.
6. Partes em vez do todo– Em caso de livros técnicos, selecione apenas os capítulos importantes, que ajudarão na elaboração de um projeto, por exemplo.
7. Armazene o importante – Se você está lendo um livro cujo conteúdo merece ser relido e recuperado posteriormente, há três formas de fazer isso com mais produtividade: marcadores (utilize canetas de marcação de textos e grife o que achar importante); mapas mentais (vale a pena durante a leitura utilizar um software que faça mapas mentais e resuma os principais conceitos do livro); e softwares como OneNote ou Evernote, entre outros.

Autor: Christian Barbosa é especialista em administração de tempo e produtividade, é CEO da Triad OS, palestrante e autor.

Ensino em três dimensões


Escrito por Fábio Torres



A tecnologia em três dimensões (3D) tem se popularizado nos últimos anos com o aumento das salas de cinema, televisores e videogames que dispõem dessa possibilidade. Por outro lado, suas formas mais básicas continuam existindo, como o 3D anáglifo – aquele efeito conhecido pelas imagens e pelos óculos com uma lente azul e outra vermelha. Para a professora Roberta Giovanelli, que leciona Matemática no Centro Educacional Praia da Costa (CEPC), em Vila Velha (ES), os óculos de 3D anáglifo se tornaram uma alternativa criativa – e eficaz – para ensinar conteúdos de geometria. “Quando eu estava resolvendo uma atividade do livro com os alunos que falava sobre a aplicação da Relação de Euler em sólidos geométricos, ao abordarmos o exemplo do cubo truncado [cubo com os cantos aparados], surgiu a dificuldade de desenhar no quadro e, principalmente, dos alunos visualizarem a imagem que apenas eu conseguia verificar”, relata Roberta. E continua: “Comentei com eles sobre a possibilidade desse cubo ser desenhado em 3D para dar mais ênfase nos elementos (faces, arestas e vértices) que eles precisavam identificar. Fui para casa, pesquisei, tentei e provei que poderia acontecer”.
Para visualizar as imagens em 3D, os alunos confeccionaram com o auxílio da professora seus próprios óculos anáglifos com papéis cartão e celofane: o papel cartão para a armação e o celofane azul e vermelho para as lentes. Já as imagens são preparadas pela própria educadora: “escolho as imagens na internet e transformo-as em 3D por meio do programa PhotoScape [editor de fotos gratuito, disponível em www.photoscape.org]. Depois as imprimo em cores e os alunos podem verificar as diferenças”, afirma Roberta, que insere as imagens também nas provas.
Os estudantes adoraram a novidade nas aulas, de acordo com a professora. “É sensacional, pois eles verificam a figura mais próxima e ela parece ‘saltar’ aos olhos, tornando a atividade mais animada e interativa, além de identificarem com mais clareza seus elementos”, conta Roberta. A educadora também comemora a repercussão entre os professores do próprio CEPC, do estado do Espírito Santo e do país. “Tive um reconhecimento legal da escola. Ficaram alegres pela repercussão nos jornais tanto [de circulação] regional quanto nacional. No meu Facebook, já tenho contato com professores e profissionais da educação de muitos lugares como Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Paraná”, diz a professora, que complementa: “É muito legal saber que professor tem, sim, reconhecimento quando há dedicação à profissão”.
O uso do 3D deve se espalhar para outras aulas do CEPC. Segundo Roberta, professores de outras disciplinas pretendem adotar o recurso ainda em 2014, e a escola prevê a aquisição de televisores 3D “para trabalharmos também com mais interação, além de comprar os óculos em modelo industrializado, pois as imagens ficam perfeitas com eles”, explica a educadora, que pretende ampliar o seu projeto em parceria com uma editora e levá-lo para outras escolas.
Como funciona o 3D
A tecnologia 3D é uma ilusão, uma “peça” que é pregada na mente das pessoas. A imagem em três dimensões é gerada por um efeito chamado estereoscopia: trata-se apenas da projeção de duas imagens da mesma cena, só que de pontos de vista ligeiramente diferentes. O cérebro automaticamente funde as duas imagens e, nesse processo, obtém informações quanto à profundidade, à distância, à posição e ao tamanho dos objetos, gerando uma ilusão de visão em 3D.
No caso do 3D anáglifo, as duas imagens são coloridas com um tom: uma de azul ciano e a outra de vermelho, de modo que as lentes coloridas dos óculos criem o efeito em três dimensões.

Congresso Nacional prorroga por 60 dias a suspensão das aulas

  VERSÃO CERTIFICADA     DIÁRIO COMPLETO     IMPRESSÃO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO Publicado em:  28/05/2020   |  Edição:  101   |  Seção: 1   |...