terça-feira, 30 de outubro de 2018

Currículo Digital da Cidade de São Paulo é disponibilizado online

Construído de forma colaborativa, plataforma disponibiliza acesso ao Currículo da Cidade de modo dinâmico.

Na  sexta-feira (19/10/2018), foi lançado o Currículo Digital da Cidade de São Paulo, fruto de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (SME) e a Representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO no Brasil). O lançamento contou com uma cerimônia realizada na Casa do Pátio Digital.
A plataforma foi desenhada por meio de um processo colaborativo, com o apoio de professores da rede municipal e  transforma o Currículo da Cidade em um material vivo e dinâmico, disponível on-line para consulta, inspiração e aplicação em sala de aula.
O Currículo Digital da Cidade de São Paulo está disponível no endereço http://curriculo.prefeitura.sp.gov.br, e por meio dele já é possível conhecer e explorar o Currículo da Cidade, buscar sequências didáticas do Ciclo de Alfabetização referentes aos componentes de Matemática, Língua Portuguesa e Ciências Naturais, e encontrar sequências relacionadas aos objetivos do Currículo, à matriz de saberes e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).
"Quem ganha com essa iniciativa são os estudantes de nossa rede, que terão professores ainda mais equipados para fazer o seu trabalho da melhor forma possível”, ressaltou o Secretário Municipal de Educação, Alexandre Schneider. "Além disso, tanto os recursos educacionais quanto a Plataforma são abertos, ou seja, qualquer outro município ou estado pode utilizar e customizar para a sua própria realidade, sem custos", completou.
Ainda estão previstas as inclusões, na plataforma, de buscas textuais, criação de perfis, planejamento do uso de sequências, a possibilidade de envio de comentários e sugestões e a disponibilização de novas sequências de atividades dos demais componentes do Ciclo de Alfabetização e, também, do Ciclo Autoral e Interdisciplinar. Para adição dessas novas funcionalidades, a SME receberá apoio da Fundação Lemann.
Sobre o Currículo da Cidade
Currículo da Cidade de São Paulo foi criado a muitas mãos a partir dos conhecimentos produzidos e das práticas realizadas por professoras e professores da Rede Municipal de Ensino ao longo dos últimos anos.  Fruto de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo com a UNESCO no Brasil, o novo currículo do Ensino Fundamental, publicado em dezembro de 2017, integra de forma inédita a Agenda 2030, relacionando seus objetivos de aprendizagem a cada um dos 17 ODS.  O movimento de atualização do currículo envolveu mais de 43 mil estudantes e 16 mil professores ao longo de 2017, em paralelo às discussões sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) que se faziam nacionalmente, de forma a ser a primeira cidade a lançar o documento em sua versão já alinhada às diretrizes nacionais. 
(Fonte: Secretaria Municipal de Educação da Cidade de São Paulo)
UNESCO

Cuiabá reabre seleção para contratar 2,2 mil servidores na Educação

Inscrições começam a partir de 1º de novembro


http://selecon.org.br/pdf/CUIABA_SME_006/FINAL_SME_006.pdf
A Prefeitura de Cuiabá divulgou o edital  do novo processo seletivo para a Secretaria Municipal de Educação. São 2.254 vagas temporárias para contratação imediata, além de formação de cadastro de reserva, em cargos de níveis médio e superior, com vencimentos que variam de R$ 1.115,48 a R$ 3.319,20, para o ano letivo de 2019.
Há vagas para  Cuidador de Aluno com Deficiência – CAD, Intérprete ou de Instrutor de Libras, Técnico em Desenvolvimento Infantil – TDI, Técnico em Manutenção e Infraestrutura (nas funções de Auxiliar de Serviços Gerais e Condutor de Veículos), Técnico em Nutrição Escolar (Merendeira); Professor (Ciências, Educação Artística, Educação Física Geografia, História, Espanhol, Inglês, Português, Pedagogo, Matemática), Professor Especializado em Atendimento Educacional Especializado e/ou Educação Especial, Professor Licenciado na ocupação de Instrutor ou Intérprete de Libras e Técnico de Nível Superior (Administrador, Arquiteto, Bacharel em Direito, Contador, Engenheiro Ambiental e Sanitarista, Engenheiro Civil, Engenheiro Eletricista, Estatístico, Fonoaudiólogo, Nutricionista e Psicólogo). As funções disponibilizadas e nível de ensino exigido para seus exercícios estão relacionadas no edital do certame já publicado no Diário Oficial do Tribunal de Contas do Estado - TCE e no site selecon.org.br.
As inscrições começam no dia 1º de novembro e poderão ser feitas até o dia 29 também de novembro, no site do Instituto Selecon, organizador. A taxa de inscrição é de R$ 60,00 para as funções de nível médio e R$ 70,00 para superior. Aqueles que estiverem desempregados, tiverem renda de até um salário mínimo ou forem doadores de sangue ou de medula poderão pedir isenção da taxa de inscrição. As solicitações poderão se feitas nos dias 30 e 31/10/2018, até as 16 horas, no site do Instituto Selecon. É preciso conferir toda a documentação exigida e o horário de atendimento do posto de entrega de documentos, que funcionará para receber a documentação do pedido de isenção, localizado nas Faculdades Evangélicas Integradas Cantares de Salomão - FEICS, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 3500 – Bosque da Saúde – Cuiabá-MT, nos dias 30 e 31/10, das 9h às 17:30h.
A seleção será realizada mediante prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos prevista para o dia 16 de dezembro. Haverá análise de títulos e experiência para candidatos não eliminados na prova objetiva. O resultado preliminar da prova objetiva está previsto para o dia 20 de dezembro.
Opção de transferência do crédito da devolução de taxa do seletivo anterior para inscrição no novo processo seletivo
Os inscritos no processo seletivo da Secretaria Municipal de Educação (Edital 03/2018), que foi revogado pela Prefeitura, podem escolher se desejam participar desta nova seleção (realizando nova inscrição) ou querem solicitar a devolução da taxa. A escolha deve ser feita no site do Instituto Selecon, na página do novo processo seletivo - Edital 006/2018, onde os inscritos poderão optar por transferir o crédito da inscrição antiga para efetivar inscrição no novo processo seletivo ou solicitar a devolução. Todas as informações estão no site do Instituto Selecon (selecon.org.br). 
Processo Seletivo - Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá
Vagas:2.254 imediatas e Cadastro de Reserva
Escolaridade: Médio e Superior
Inscrições: 1º a 29 de novembro de 2018
Taxa: R$ 60,00 (Médio) ; R$ 70,00 (Superior)
Isenção: 30 e 31 de outubro de 2018
Organizador: Instituto Selecon
Inscrição: www.selecon.org.br
folhamax

Como incluir tecnologia no currículo de olho em competências da BNCC

Site lançado pelo CIEB traz referências para professores, escolas e redes desenvolverem habilidades digitais propostas na Base Nacional Comum Curricular


Da Redação


Para apoiar redes de ensino, escolas e professores que precisam incluir os temas de tecnologia e computação nos seus currículos, o CIEB (Centro de Inovação para a Educação Brasileira) lança a plataforma Currículo de Referência em Tecnologia e Computação, que traz diretrizes e orientações para desenvolver habilidades digitais propostas na BNCC (Base Nacional Comum Curricular).
Voltada para a educação infantil e o ensino fundamental, a plataforma pretende potencializar o uso de tecnologia e ampliar as reflexões sobre computação na educação básica.
Com uma série de orientações, a ferramenta mostra práticas que apoiam o desenvolvimento da 5ª Competência Geral da BNCC, que indica que os alunos precisam “compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva”.
Entre os diferenciais do material, está a possibilidade de professores compreenderem como desenvolver cada uma das habilidades digitais apresentadas no documento. Além da indicações de práticas pedagógicas, ele apresenta sugestões de avaliação e materiais de referência que podem apoiar no planejamento de aulas, como sites, plataformas, objetos digitais de aprendizagem, jogos e programas.
Desenvolvido pelo CIEB, o conteúdo foi elaborado a partir de um estudo realizado pelos especialistas André Luís Alice Raabe, professor titular da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), Flávio Rodrigues Campos, colaborador da Escola de Formação de Professores do Governo do Estado de São Paulo (Efap) e Christian Puhlmann Brackmann, coordenador geral de pós-graduação no Instituto Federal Farroupilha.
A plataforma organiza o currículo em três eixos: Cultura Digital, Pensamento Computacional e Tecnologia Digital. Cada um deles permite a navegação por tema de interesse e diferentes anos das etapas de ensino.
O material ainda apresenta indicações sobre níveis de maturidade das escolas e dos docentes em relação o uso de tecnologias conforme cada prática.
Para as redes de ensino, a plataforma também pode ser utilizada de diferentes formas. Elas podem trabalhar tecnologia e computação de forma transversal ou podem criar um componente curricular específico no seu currículo.
A ferramenta é gratuita e pode ser acessada em http://curriculo.cieb.net.br/.
PORVIR

Congresso Nacional prorroga por 60 dias a suspensão das aulas

  VERSÃO CERTIFICADA     DIÁRIO COMPLETO     IMPRESSÃO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO Publicado em:  28/05/2020   |  Edição:  101   |  Seção: 1   |...