sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Comissão Estadual divulga semifinalistas da 5ª Olimpíada de Língua Portuguesa

Viviane Saggin
Assessoria Seduc-MT

A Comissão Julgadora Estadual de Mato Grosso divulgou a lista dos semifinalistas da 5ª Olimpíada de Língua Portuguesa – Escrevendo o Futuro. Ao todo, 12 trabalhos, em quatro categorias, foram selecionados e seguem para a disputa nacional. Foram recebidos 263 textos das Comissões Julgadoras municipais, sendo 37 artigos de opinião, 69 crônicas, 70 memórias literárias e 87 poemas.
O professor Leandro Rodolfo Resende, da Coordenadoria de Projetos Educativos da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc-MT), explica que cada texto contou com a leitura de dois ou mais avaliadores especialistas em Língua Portuguesa. São eles: Neiva de Souza Boeno, Eliane Oliveira Mendes Quinhonhe, Erika Silva Alencar Meirelles, Simone de Jesus Padilha, Gláucia Ribeiro, Leandro Rodolfo Resende e Ruth Moreira Xavier.
De acordo com ele, o processo de seleção foi organizado para garantir imparcialidade na avaliação e seleção das produções. “Os textos foram apresentados para os avaliadores sem o nome dos alunos, das escolas e dos professores. Cada texto foi avaliado em um ambiente virtual por dois especialistas, e posteriormente, no encontro presencial, pelos demais avaliadores do grupo”.
Categorias
Na categoria Artigos de Opinião foram escolhidos os trabalhos “Tradição ou problema?” do aluno Adriano Lorenzon Zenaro e professora Dayane Souza e Silva Zenaro, da Escola Estadual EE Paulo Freira do município de Canarana; “Desmatamento x Necessidade” da aluna Natiane Belarmino Freitas e professora Sandra Maldonado Souza da EE Dom Aquino Correa, de Juara e “Febre do ouro: Consequências da disseminação irresponsável de imagens” da aluna Alícia Carolaine Silva e professor Divino Alex Rocha de Deus da EE 14 de fevereiro, de Pontes e Lacerda.
Na categoria Crônica, estão classificados os títulos “O recreio” da aluna Flávia de Almeida Silvestre e professora Rosemeire Dias Santos da EE Jardim Araguaia, de Barra do Garças; “O sentido da vida” da aluna Deborah Fernanda Schneider e professora Sandra da Penha Fagundes da EE Heliodoro Capistrano da Silva, de Cuiabá, e “Livrai-nos do mal” da aluna Giulia Martins Vilela Silva e professora Elizandra Alves Pereira da Silva Souza da Escola Municipal 04 de julho, de Campo Novo do Parecis.
Na categoria Poema foram selecionados os textos “Terra abençoada” da aluna Maria Manuela de Moraes Cunha e professora Lucineide Rodrigues da EMEB Padre Raimundo Conceição Pombo Moreira da Cruz, de Cuiabá; “Patrimônio da natureza” da aluna Maria Luiza Azevedo Oliveira e professora Marlene Moraes da Escola Municipal Prof. Abinel Freitas Pereira, de Chapada dos Guimarães, e “Apresentando Cuiabá” da aluna Beatriz Garcia Leite e professora Elizabeth Pereira Galindo da Silva da EE Professora Alice Fontes Pinheiro, de Cuiabá.
Já na categoria Memórias Literárias estão na disputa “Sempre estive no paraíso, às margens de um rio cristalino” do aluno Felipe Gabriel da Silva e professora Cássia Silva Matiolevitcz da Escola Municipal 04 de julho, de Campo Novo do Parecis; “Doce passado, frutífero presente” do aluno Luiz Henrique dos Santos e professora Márcia Cristina Fassbinder Zonatto da EE Angelina Franciscon Mazutti, de Campos de Julio, e “Um olhar através do tempo” da aluna Lígia Vaz Soares e professora Eline Gilka dos Santos Rodrigues, de Arenápolis.
Os vencedores na etapa nacional serão conhecidos em novembro.
Premiação
O concurso premiará os participantes da seguinte forma: 500 alunos semifinalistas e seus professores: medalha, livros e participação em oficinas culturais e de formação; 152 alunos finalistas e seus professores: medalha e 1 tablet; escolas dos 152 finalistas: placa de homenagem. Os 28 professores semifinalistas, vencedores na categoria Relato de Prática: 1 notebook.
Os 20 alunos vencedores e seus professores: medalha, 1 notebook e 1 impressora. Já as escolas dos 20 vencedores: 10 computadores, 1 impressora, 1 projetor, 1 telão para projeção e livros.
O projeto
O concurso “Escrevendo o Futuro” é uma iniciativa do Ministério da Educação, em parceria com a Fundação Itaú Social, com coordenação do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).
O tema escolhido para esta edição é “O lugar onde vivo”, que propicia aos alunos estreitar vínculos com a comunidade e aprofundar o conhecimento sobre a realidade, contribuindo para o desenvolvimento de sua cidadania.
O professor Leandro Resende comenta que, além da seleção e premiação de textos, a Olimpíada propõe para o professor de língua portuguesa uma formação que o auxilie na reflexão e compreensão da função social da escrita, fortalecendo o seu trabalho em sala de aula.
“A experiência de produção de textos possibilita aos alunos a ampliação de suas competências na linguagem oral, na leitura e na escrita, além de aprofundar o olhar sobre o lugar em que vivem, aproximando a comunidade da escola”, finaliza.​



http://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Comiss%C3%A3o-Estadual-divulga-semifinalistas-da-5%C2%AA-Olimp%C3%ADada-de-L%C3%ADngua-Portuguesa.aspx

Ministro decide por desobrigar Governo de MT a destinar 35% do orçamento à Educação

Airton Marques O governador Mauro Mendes (DEM) conseguiu, no Supremo Tribunal Federal (STF), suspender artigo da Constituição Estadual q...