sábado, 31 de janeiro de 2015

Histórias da unha do dedão do pé do fim do mundo - Manoel de Barros

Secretário vai até as escolas ouvir as demandas

Fotos: ​Lenine Martins/Gcom-MT
O secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto Filho, visitou nove escolas de Cuiabá e Várzea Grande na sexta-feira (30.01). O gestor ouviu diversas demandas dos diretores, coordenadores e professores relacionadas à estrutura física das unidades escolares. 

A primeira escola visitada foi a Fenelon Müller, localizada no CPA II. Nesta unidade, estão matriculadas 170 alunos do 7º ao 9º ano. Permínio constatou várias deficiências estruturais. “A gente tem que ter solução para esta precariedade”, observou o secretário. 

Uma das sugestões apontadas, neste momento, é transferir as atividades desta unidade para outro local até que seja feita uma reforma no prédio. A diretora Maria Helena da Silva afirmou que diante da precariedade do prédio os alunos que moram mais próximos não querem estudar no local. 

Na escola professor Benedito de Carvalho, também localizada no CPA II, a diretora Rebeka Ruiz informou que a unidade existe há 32 anos e nunca foi realizada uma reforma geral, apenas reparos. Há problemas no telhado e na parte hidráulica. O banheiro masculino está interditado. 

“Carrego um peso nas minhas costas do risco que corre os alunos”, avisa Rebeka. Já são 510 alunos matriculados nesta escola. Também foi visitada a escola Padre João Panarotto, que está passando por pequenos reparos. Em seguida, Permínio foi até a escola Newton Alfredo Aguiar, no CPA IV. 

O diretor João Abílio Ilha Teixeira disse que o cupim está comprometendo todo o telhado. “Desde 2006 os laudos indicam que o telhado pode desmoronar. É uma questão de calamidade pública”, acrescentou. São aproximadamente 900 alunos divididos nos três turnos. 

Permínio reforçou que a estrutura deve ser melhorada, iniciando pelo telhado. Técnicos da Secretaria de Educação (Seduc) vão indicar como deve ser feito o reparo para não prejudicar o início do ano letivo, marcado para o dia 9 próximo. 

Em conversa com o secretário, o diretor da escola Leovegildo de Melo, localizado no CPA III, Joilson de Jesus, afirmou que são vários os problemas da escolas, principalmente, neste período de chuvas. Ele apontou a necessidade de reformar o telhado, banheiros e estrutura hidráulica. 

VÁRZEA GRANDE 

As escolas Gonçalo Botelho de Campos, Maria da Cunha Bruno, professora Vanil Stabilito e Fernando Leite foram visitadas. Permínio também ouviu reivindicações e reafirmou o compromisso de melhorar a estrutura das escolas. Ainda neste município, ele esteve na assessoria pedagógica.

Assessoria
Seduc/MT

http://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Secret%C3%A1rio-vai-at%C3%A9-as-escolas-ouvir-as-demandas.aspx

Cuiabá: Prefeito anuncia adequações e encaminha à Câmara projeto de Reforma da Previdência

CAROLINA MIRANDA O prefeito Emanuel Pinheiro assinou na manhã desta quarta-feira (11), o projeto de Lei Complementar que trata da adeq...