terça-feira, 21 de agosto de 2018

Curso Competências Gerais na Base Nacional Comum Curricular

A Fundação Lemann e a Nova Escola, com a coordenação pedagógica do Instituto Inspirare e apoio técnico do Movimento pela Base, prepararam o curso "Competências Gerais na Base Nacional Comum Curricular".  O curso aprofunda nas 10 competências gerais apresentadas na BNCC e traz práticas pedagógicas que podem inspirar educadores de todo o Brasil. O conteúdo foi elaborado e é apresentado por Anna Penido, que além de ser parceira da Fundação Lemann, é diretora do Inspirare e integrante do Movimento pela Base.


Grátis, online e com apenas duas horas de duração, o curso poder ser feito nas horas livres ou durante as reuniões coletivas e formações da escola. 

O curso é organizado em cinco etapas. Na primeira, trazemos uma introdução sobre os conceitos das competências gerais. Depois, começamos a aprofundar o tema com questões como a preparação da escola para trabalhar as competências e ideias de práticas pedagógicas para a sala de aula. Após assistir aos vídeos e realizar um teste rápido, você poderá receber sua certificação! Vamos nessa?





Fundação Lemann

Concurso elege melhores produções digitais para crianças

Festival comKids Interativo reconhece aplicativos, jogos, livros digitais, plataformas e projetos transmídia de cinco países

por Redação 
Crédito: Reprodução
Em um cenário de consumo cada vez maior de recursos digitais na infância, a responsabilidade social dos produtores de conteúdos aumenta. O que uma produção deve oferecer para esse público? Na última sexta-feira (17), o Festival comKids Interativo, dedicado à cultura digital, elegeu os melhores aplicativos, jogos, livros digitais, plataformas e projetos transmídia desenvolvidos para crianças e adolescentes.
Realizado pelo Midiativa (Centro Brasileiro de Mídia para Crianças e Adolescentes), do Goethe-Institut São Paulo, e pelo Ministério da Cultura, com parceria da Singular, Mídia & Conteúdo, da UnibFaculdade Melies e da EBAC (Escola Britânica de Artes Criativas), neste ano o festival reconheceu produções em cinco categorias: aplicativos, jogos eletrônicos, livros digitais, plataformas e produções transmídia, que poderiam ser desenvolvidas tanto por grandes produtoras quanto por startups e coletivos independentes.
Entre os 16 finalistas, participaram do concurso produções desenvolvidas no Brasil, na Argentina, na Colômbia, no Chile e no Equador. Os premiados foram escolhidos a partir de uma votação do público, que também contou com a participação de especialistas em conteúdo de qualidade para crianças e adolescentes.
Como prêmio, as equipes responsáveis pelas produções digitais reconhecidas receberam smartphones de última geração, vagas em um curso online de pintura digital Crayon e uma bolsa de estudos para curso presencial na EBAC (Escola Britânica de Artes Criativas).
Para conhecer os vencedores de cada categoria clique no link abaixo:

Investimento em professor é desafio para a educação

Nos últimos anos, o Brasil aumentou três vezes o valor investido por aluno no ensino básico e deu importância a políticas como avaliações, base curricular e financiamento de estudantes em faculdades. No entanto, pouco olhou para a sala de aula. E os resultados da aprendizagem das crianças mostram que se caminha a passos lentos para chegar perto dos países que mudaram o rumo da sua educação. Ao olhar para as melhores experiências no mundo, especialistas garantem que só haverá evolução se o próximo governo investir fortemente no professor.
As mudanças em várias nações vêm da constatação de que a qualidade do docente é fator determinante para o ganho de aprendizagem do aluno. Um estudo recente, que tem entre os autores o economista da Universidade de Stanford Raj Chetty, analisou 2,5 milhões de crianças durante 20 anos nos Estados Unidos. Os dados revelaram que estudantes de um bom professor têm maior probabilidade de iniciar o ensino superior, entrar em faculdades de melhor qualidade, receber maiores salários e poupar mais para aposentadoria.

Educação
Dados revelaram que estudantes de um bom professor têm maior probabilidade de iniciar o ensino superior 
Foto: GABRIELA BILÓ/ESTADÃO
Outras pesquisas anteriores já indicavam que crianças que tiveram aulas com bons profissionais obtiveram um ganho médio de um ano de escolaridade. Melhores professores são particularmente importantes para crianças com perfil socioeconômico baixo. A atuação deles por anos seguidos pode mudar o destino de um aluno pobre e eliminar a distância de aprendizagem entre ele e um estudante de classe alta. Segundo pesquisas, um professor de qualidade tem o domínio do conteúdo que ensina e uma boa gestão de sala de aula, com estratégias que mantêm alunos envolvidos e técnicas de ensino eficazes. 
“Não adianta nada discutir Base Curricular se a gente não conseguir resolver o problema do magistério”, diz a consultora e ex-secretária de Educação do Rio Grande do Sul Mariza Abreu. “Só podemos ter alguma esperança de que a educação vai melhorar quando a agenda do professor se tornar prioritária. É preciso uma mudança estrutural”, aponta o diretor de políticas educacionais do Movimento Todos pela Educação, Olavo Nogueira Filho. 
Leia mais em
Estadão
Istoé


Piso salarial de professores da educação básica para 2020: R$ 2.886,24

Dyelle Menezes, do Portal MEC O piso salarial dos profissionais da rede pública da educação básica em início de carreira foi reajustado...